a nova voz das urnas

Para acompanhar de perto: a revista Carta Capital publicará todos os meses até setembro pesquisas sobre a eleição 2006, preparadas pelo Instituto Vox Populi.

Na apresentação, uma entrevista em que Marcos Coimbra, diretor do Vox Populi, fala das mudanças ocorridas no país, desde os tempos da ditadura militar até hoje. Veja um trecho:

CC: O universo de eleitores é mais escolarizado. Ele não parece, por outro lado, menos interessado em política?
MC: As pesquisas comparadas não confirmam isso. Fizemos essa pergunta no início de 1989 e repetimos a questão no início de 2006. Os resultados confirmam tendência no aumento de interesse. Pessoas muito interessadas em política, em 1989, eram 10%; hoje chegam a 20%. As “mais ou menos” interessadas eram 17%, hoje são 35%. Então, tínhamos apenas um quarto da população dizendo-se “muito” ou “mais ou menos” interessada em política. Hoje, eles passam da metade na soma de 20% com 35%. Também despencou a proporção de pessoas que se dizem “nada interessadas” em política. Eram 47% em 1989 e, hoje, são 22%.

Um pensamento sobre “a nova voz das urnas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s