tendências das redes sociais

Taí um exercicio bem complicado: identificar as tendências das chamadas redes sociais que pipocam pela internet. Outro dia, estudando o joga com, que talvez indique a aposta Google na área, descobri que tanto esse ambiente quanto seu irmão orkut se apresentam como Redes Pessoais e não Sociais.

Mais que uma questão semântica, trata-se no fundo de posicionamento mercadológico: a busca é pela satisfação do indivíduo sem qualquer compromisso com propósitos coletivos de maior amplitude.

team8zO que os críticos apontam é que não há futuro para propostas tipo “expandir o círculo social”. Passado o primeiro momento de encontro de velhos amigos ou mesmo de fazer novos, a coisa toda cai num vazio.

A preocupação que se vê em novos ambientes desse tipo, como, por exemplo, o team8z, é dotar as relações que se estabelecem de significados práticos, metas pessoais. É isso o que irá juntá-las na formação dos grupos, ou como se diz, das comunidades.

Tudo aí para vermos onde vai dar. O que continua intrigando mesmo é o fato de existirem centenas de ambientes desse tipo oferecendo basicamente a mesma coisa, mas só alguns caem no gosto popular enquanto outros ficam às traças. Vai saber porquê.

2 pensamentos sobre “tendências das redes sociais

  1. eu acho que o orkut pegou porque sim. mas aí, minha filha, inspirada no castelo ratimbum, diz que porque sim não é resposta. e eu fico sem resposta… eu acho que é porque sim, maldito ratimbum!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s