para não perder o bonde

ciedhPor que as tevês mantém o público longe dos debates sobre tevê digital? ninguém precisa saber o que rola atrás das telas?

Não é estranho que o marco regulatório (conjunto de leis e normas) das comunicações brasileiras seja definido por pouquíssimas pessoas?

Tempos novos, outros caminhos:

Moção sobre o Direito Humano
à Comunicação e Mobilização

Nós, profissionais das áreas da informação, comunicação e educação, agentes culturais, coordenadores de projetos e especialistas em direitos humanos e representantes da sociedade civil brasileira, reunidos no I Congresso Interamericano de Educação em Direitos Humanos entre 30 de agosto e 2 de setembro, em Brasília (DF), considerando :

que o direito à comunicação é um direito humano primordial, garantido parcialmente nos marcos jurídicos internacionais e nacionais através do reconhecimento do direito à liberdade de expressão e do acesso à informação;

que o direito humano à comunicação consiste na garantia de meios e condições para informar e ser informado, observados os princípios da livre gestão do conhecimento e da diversidade cultural :

I – Questionamos:

a) a ausência de um diálogo das autoridades com a sociedade civil na definição de políticas públicas no campo da comunicação e da informação, que garanta uma política pública de Estado, e não apenas de governo, voltada a um modelo institucional democrático de comunicação no país;

b) a política de fechamento, em muitos casos de forma truculenta, de rádios comunitárias notadamente não vinculadas a partidos políticos ou religiões, mas ligadas à defesa das causas sociais, reconhecidas como legítimos instrumentos de educação em direitos humanos.

c) o processo atropelado e anti-democrático que levou à definição do Sistema Brasileiro de TV Digital no País, caracterizado pela prevalência dos interesses privados sobre o público e pela falta de diálogo com a sociedade civil organizada e representantes de entidades de comunicação. No caso da adoção da tecnologia digital para o Rádio, o processo tem sido ainda mais problemático, sendo tratado apenas como uma mudança tecnológica das emissoras privadas e não como um assunto de Estado, devendo ser conduzido no âmbito de políticas públicas democraticamente construídas.

II – Propomos:

a) A realização de um processo de conferências municipais, estaduais e nacional das comunicações com vistas a democratizar a formulação, acompanhamento e monitoramento das políticas públicas de comunicação.

b) Reformulação do marco regulatório das comunicações, atualizando as normas referentes ao setor a partir do processo de convergência tecnológica e visando a garantia do direito à comunicação para a sociedade brasileira.

c) O cancelamento do decreto 5820/2006, sobre a adoção da tecnologia japonesa para o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Aberta (SBTVD-T).

Brasília (DF), 1o de setembro de 2006

Mais info sobre Tevê Digital: Fique por Dentro.

5 pensamentos sobre “para não perder o bonde

  1. adoro essas pessoas pungentes… mas o item bê deve derivar do a. e no a deve constar o cê. questón de método, saca?

    porque se não, o a vira aparelhamento. o bê vira conversa de gabinete de outros não aparelhados casa civilmente falando. e o cê vira nada: mudar tudo pra deixar tudo como está, já dizia um tatatataravô meu, lá na frança.

    abrazouí,

    me(rde!)

  2. Seu método abecê dá é um nó nas minhas antenas.

    Isso aí em cima é o debate começando a esquentar.
    O pessoal que assina não é tão desgabinetado não.
    Impossível, por a + b + z, ficar como está. Seu avô
    taratatá francês nada sabia sobre revolução digital,
    igualzinho nosso ministro e nosso presidente.

  3. é só máquina… hehe.

    no seu projeto de blog, de autonomia e desenvolvimento, considere o wordpress como ferramenta. ele dá vida às máquinas e a fotenha vem junto. demorô.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s