a memória do mundo

Conto de Italo Calvino escrito 30 anos atrás, parece conversa entre diretores do Google:

backspace.com“O que será o gênero humano no momento de sua extinção? Uma certa quantidade de informações sobre si mesmo e sobre o mundo, uma quantidade finita, dado que não poderá mais se renovar e aumentar.

Durante algum tempo o universo teve uma oportunidade especial de colher e elaborar informações, e de criá-las, de extrair informações dali onde não haveria nada a informar sobre nada: isso foi a vida na Terra, e sobretudo o gênero humano, sua memória, suas invenções para comunicar e recordar.

A nossa organização garante que essa massa de informações não se disperse, independentemente do fato de ser ou não recebida por outros. Caberá ao diretor fazer com que, escrupulosamente, como se nunca tivesse existido tudo aquilo que acabaria atrapalhando ou pondo na sombra outras coisas mais essenciais, isto é, tudo aquilo que, em vez de aumentar a informação, criaria uma desordem e um ruído inúteis. O importante é o modelo geral formado pelo conjunto das informações, do qual poderão ser extraídas outras informações que não fornecemos e que talvez não tenhamos. Em suma, não dando certas informações damos mais do que daríamos dando-as.

O resultado final de nosso trabalho será um modelo em que tudo consta como informação, mesmo o que não é. Só então se poderá saber, de tudo o que foi, o que é que constava verdadeiramente, ou seja, o que é que existiu verdadeiramente, porque o resultado final de nossa documentação será ao mesmo tempo o que é, foi e será, e todo o resto não será nada.”

[ do livro Um General na Biblioteca ]

Um pensamento sobre “a memória do mundo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s